1. Resfriamento de férmions ultra-frios

    Em artigo publicado recentemente no Physical Review Letters, pesquisadora do IF-UFRJ e colaboradores mostraram que férmions ultra-frios em redes óticas com geometria colméia de abelha têm resfriamento adiabático mais pronunciado e correlações antiferromagnéticas entre primeiros vizinhos mais intensas do que em redes quadradas.  Estas informações podem ser relevantes para a realização experimental de antiferromagnetismo em redes óticas.

    O trabalho, publicado em 12 de novembro de 2012,  é de autoria da professora do IF Thereza Paiva e seus colaboradores.

    Para saber mais, visite a página web da revista: http://prl.aps.org/abstract/PRL/v109/i20/e205301
  2. Susceptibilidade Magnética de Nanoestruturas de Ródio

    Em artigo publicado recentemente no Physical Review Letters, pesquisadores do IF-UFRJ e colaboradores mediram o momento magnético de aglomerados de ródio com tamanhos de menos de 2 nm através de novas técnicas de raio-X.

    O trabalho, publicado em 9 de novembro de 2012,  é de autoria dos professores do IF Vitória Barthem, Marcelo Sant’anna, do professor visitante Dominique Givord e seus colaboradores.

    Para saber mais, visite a página web da revista: http://prl.aps.org/pdf/PRL/v109/i19/e197204
  3. Limites da metrologia quântica

    Em artigo publicado no Physical Review Letters, pesquisadores do Instituto de Física da UFRJ desenvolveram um método analítico para calcular limites da precisão quântica de algumas medidas que pode ser usado em metrologia quântica.
    O trabalho, publicado em 9 de novembro de 2012,  é de autoria do pós doutorando Bruno M. Escher e dos professores do IF Luiz Davidovich, Nicim Zagury e Ruynet Matos Filho.

    Para saber mais, visite a página web da revista: http://link.aps.org/doi/10.1103/PhysRevLett.109.190404
  4. Surgimento de resultados bem definidos na medida em mecânica quântica

    Em artigo publicado na Physical Review Letters, pesquisadores do IF-UFRJ e colaboradores no Brasil e no exterior mostraram que correlações estatísticas clássicas entre um sistema quântico e o seu aparato de medida exibem um comportamento temporal que caracteriza o surgimento de resultados bem definidos na medida. Esta descoberta ajuda a compreender o processo de medida de um sistema quântico e, de forma mais geral, a conexão entre a física clássica e a quântica.

    O trabalho, publicado em 7 de novembro de 2012,  é de autoria do aluno de doutorado Gabriel H. Aguilar, do pós doutorando Osvaldo Jimenez-Farias e dos professores do IF Malena Hor-Meyll, Stephen Walborn e Paulo Henrique Souto Ribeiro. Para saber mais, visite a página web da revista: http://prl.aps.org/abstract/PRL/v109/i19/e190402

  5. Difusão do emaranhamento

    Em artigo publicado no Physical Review Letters, pesquisadores do Instituto de Física da UFRJ investigam experimentalmente a difusão do emaranhamento de um sistema bipartido para o ambiente. O emaranhamento original do sistema bipartido é redistribuido em emaranhamento envolvendo os dois qbits e o ambiente.

    O trabalho, publicado em 9 de outubro de 2012,  é de autoria dos pós doutorandos Osvaldo Jimenez-Farias e Andrea Valdez-Hernandez, do aluno de doutorado Gabriel Horacio Aguilar e dos professores do IF Stephen P. Walborn, Paulo H. Souto Ribeiro e Luiz Davidovich.

    Para saber mais, visite a página web da revista  ou artigo de divulgação publicado na Revista pesquisa FAPESP.