1. Oportunidade imediata de IC no LASER com os professores Wania Wolff e Claudio Lenz Cesar

    Oportunidade imediata de IC no LASER com os professores Wania Wolff e Claudio Lenz Cesar.

    Só nos interessa alunos bons e motivados (e que queiram aprender muito e gostam de desafios e sabem aproveitar uma boa oportunidade) para trabalho em diversas técnicas experimentais: lasers, átomos, moléculas, vácuo, eletrônica, CAD, LabView, etc.

    De preferência os alunos devem ter já cursado (bem) Fis.Exp. III.

    Favor enviar e-mail para os professores ( lenz@if.ufrj.br  e  wania@if.ufrj.br ) com o histórico e mini-CV para marcar entrevista na próxima terça, quarta ou quinta (4-6/abril).

  2. Projeto de Extensão – Equipe UFRJ-OBF

    O Instituto de Física da UFRJ, em parceria com a Fundação Lemann e o CBPF, desenvolve o projeto de extensão “Equipe UFRJ-OBF”, que tem por objetivo preparar alunos do Ensino Médio e do 9o Ano do Ensino Fundamental para as Olimpíadas Brasileiras de Física, além de popularizar a Física e buscar novos talentos para as carreiras científico-tecnológicas.

    Participam do projeto os professores Rodrigo Capaz, Sérgio Joras e André Saraiva.

    Mais informações em http://www.if.ufrj.br/~capaz/ufrjobf/index.html

  3. Tópicos de Física Contemporânea I (FIW486) – Lasers: experimentos, aplicações e teoria – Prof. Cláudio Lenz

    Curso: “Lasers: experimentos, aplicações e teoria”

    Disciplina no SIGA: “Tópicos de Física Contemporânea I”, código FIW486

    Quartas-feiras de 13-17:00

    - sem pré-requisitos -

    Prof. Cláudio Lenz Cesar

    Instituto de Física – UFRJ

    Resumo: Trata-se de um curso proposto para alunos do IF, IQ, CCMN, CT e CCS. O curso constará de ~40% de aulas práticas (Exp) – no laboratório LASER –  30% de teoria (Teo) e 30% de projetos (Proj) dos alunos. O escopo do curso pode ser visto à partir da ementa proposta. A avaliação virá da atuação nos projetos e aulas experimentais e de uma pequena prova teórica.
    Carga didática: 4hrs semanais
    Ementa Proposta:
    1 – (Exp) Levantar a curva PxI, IxV de um laser de diodo, com e sem cavidade estendida.
    2 – (Teo) Um espelho. Dois espelhos: cavidade de Fabry-Perot. Modos espaciais e longitudinais. Matriz ABCD de propagação de feixe gaussiano.
    3 – (Exp) Acoplar laser a um Fabry-Perot e realizar o espectro de um Fabry-Perot.
    4 – (Teo) Átomos e Fótons: emissão estimulada, emissão espontânea, absorção. Energia e Momento dos fótons. Espectro de átomos.
    5 – (Exp) Acoplar laser a uma fibra SM, verificar o modo e acoplamento a um Fabry-Perot.
    6 – (Teo) O Interferômetro de Fabry-Perot como sensor (ondas gravitacionais no LIGO).
    7 – (Exp) Travamento de um laser a uma cavidade ótica estável, e o Fabry-Perot como sensor de posição, temperatura, de vibração, de índice de refração.
    8 – (Teo) Tipos comuns de laser. Ótica Não-Linear. Sensores de Potência de Laser. Separação Isótopica a laser.
    9 – (Exp) Micromachining: Ablação a laser e espectroscopia atômica.
    10 – (Teo) Laser em biologia e medicina: OCT e pinças óticas.
    11 – (Exp) Geração de Segundo Harmônico.
    12 a 16 – (Proj) Escolha dos alunos (tópicos sugeridos no meio do curso).Bibliografia:
    A. E. Siegman, “Lasers”, University Science Books, Mill Valley, California, 1986
    Grant R. Fowles, Introduction to Modern Optics (Dover Books on Physics) 2nd Edition
    Eugene Hecht, Optics (5th Edition) 5th Edition

  4. Processo seletivo Bolsa PAEALIG 2017

    O processo seleção de bolsistas para o Laboratório de Informática de Graduação, unidade Instituto de Física,  ocorrerá entre os dias 06 e 10/03/2017. O edital PAEALIG 2017 segue a resolução CEG 01/2009 e deve ser acessado na integra, na pagina da DIA-PR1 .

    O aluno interessado deverá entregar um CV resumido (detalhando, por exemplo, experiências anteriores em monitorias, IC etc), CRID e boletim ou histórico acadêmico (não oficial), diretamente ao professor Hugo de Luna  por email (hluna@if.ufrj.br)  ou na sala Sl. A307 Departamento de Física Nuclear  até o dia 24 de fevereiro. Mais detalhes sobre o processo de seleção podem ser obtidos diretamente com o professor Hugo de Luna, ou acessados no site do LIG.

  5. II Escola de Física Experimental da UFRJ

    Lembramos que ainda estão abertas as inscrições para participar da II Escola de Física Experimental da UFRJ, que será realizada no período de 6 a 10 de março de 2017, no Instituto de Física da UFRJ. Os requisitos para a inscrição são:

    Enviar mensagem para efex2@if.ufrj.br com as seguintes informações até sexta 13 de Janeiro de 2017:
    - Curriculum Vitae
    - Histórico Escolar
    - Uma carta de motivação explicando porque gostaria de participar da escola
    - Duas cartas de recomendação (professor e/ou orientador) que deverão ser enviadas por email pelos professores colocando no assunto do email o nome do candidato.

    Para maiores informações sobre a inscrição e o formato da escola acessar a página web: http://efex2.if.ufrj.br/ ou entrar em contato conosco via email: efex2@if.ufrj.br.

    A escola contará com aulas práticas em laboratório com grupos pequenos de alunos e palestras plenárias abertas para todos os alunos sobre temas atuais de pesquisa no IF-UFRJ. As sessões de laboratório incluem:

    • Criptografia quântica e interferência com o modulador espacial de luz
    • Síntese , Caracterização , Análise dos supercondutores:  As rotas  para novas descobertas
    • Espectroscopia a laser de átomos e interferômetro de Fabry-Perot
    • Pinças óticas e medidas de força na escala de eventos celulares
    • Produção de filmes finos magnéticos. Caracterizações magnéticas e cristalográficas
    • Caracterização estrutural de novos materiais por difração de raios-X de policristais
    • Seção de choque de colisões entre prótons e moléculas
    • Produção, tempo de vôo livre e detecção de átomos metaestáveis
    • Medição de posição, tempo e energia de partículas aplicadas à física de altas energias.
    • Desconstruindo um sólido: Espectroscopia de massa de íons secundários
    • Caracterização ótica de nanoestruturas semicondutoras
    • Medidas de transporte eletrônico em filmes moleculares multifuncionais
    • Fabricação e caracterização de amostras magnéticas
    • Fluorescências e composição de materiais

    Além das práticas de laboratório teremos palestras plenárias sobre temas atuais de física experimental oferecidas por professores do Instituto de Física que atuam diretamente em diversas áreas experimentais. Já estão confirmadas as seguintes palestras:

    • Física do B – Experimento LHCb
    • Testes fundamentais da física com antihidrogênio, átomos e moléculas
    • Cosmologia observacional: novos desafíos
    • Experimentos didáticos com tablets e smartphones
    • Detecção do espalhamento coerente de neutrinos no reator de Angra II
    • Interferômetro Stern-Gerlach Longitudinal
    • Medidas magnéticas de alta sensibilidade

    Atenciosamente,
    Comitê Organizador
    II Escola de Física Experimental da UFRJ

  6. Trabalho do Mestrado PEF é um dos mais lidos do American Journal of Physics

    O artigo recém publicado no American Journal of Physics, “Is the tautochrone curve unique?”, assunto da dissertação de mestrado em ensino de física de Pedro Terra, orientado por Carlos Farina e Reinaldo Mello e Souza, está anunciado pelos editores da revista como um dos mais lidos.

  7. Transição 1s-2s no antihidrogênio

    Colaboração ALPHA lança primeira luz (laser) sobre antimatéria! Em artigo publicado hoje (19/12/2016) na revista Nature (http://dx.doi.org/10.1038/nature21040) o grupo demonstra a primeira excitação de um anti-átomo com luz laser. A frequência da transição 1s-2s em antihidrogênio é compatível com a do hidrogênio em partes em 1010.
    Iniciar esse estudo de espectroscopia em alta resolução foi o objetivo inicial do grupo há 19 anos, que fez os primeiros átomos de antimatéria frios em 2002 (na colaboração então chamada ATHENA), e em 2010 realizou o primeiro aprisionamento desses.  Esse experimento teve participação fundamental de brasileiros da UFRJ, os profs. Claudio Lenz Cesar e Daniel de Miranda Silveira e os ex-alunos Rodrigo Lage Sacramento e Bruno Ximenez Alves. O grupo acredita que já em 2017 será possível obter um espectro completo nessa transição o que deve permitir uma comparação entre antihidrogênio e hidrogênio em partes em 1012 e além. Cabe ao futuro dizer até onde a simetria de CPT (que prevê uma equivalência entre matéria e antimatéria) vai se confirmar. Em breve essas medidas com antihidrogênio adentram precisão em medidas de energia nunca antes realizadas na comparação matéria X antimatéria. Uma falha em CPT poderia conter a explicação para um dos maiores mistérios da Física atual: a ausência de antimatéria primordial no Universo. O grupo brasileiro busca alunos interessados em participar dessa pesquisa.
  8. AMPLIADO O PRAZO PARA TRANCAMENTO DE DISCIPLINAS – 2016/2

    Comunicado sobre trancamento de disciplinas em 2016/2.

       Todos os alunos da UFRJ, incluindo calouros, podem trancar quantas disciplinas desejarem em 2016/2, ou seja, sem a limitação do número mínimo de créditos.

       Qualquer trancamento de disciplina deverá ser realizado através do SIGA,

    incluindo os alunos calouros, sem abertura de processos,

    pois todas as situações consideradas irregulares em Resolução CEG serão regularizadas automaticamente.

    Observação: O aluno que optar por trancar todas as disciplinas terá em seu Boletim a mensagem “trancamento especial” em 2016/2. O trancamento especial não contará para o tempo de integralização no curso e nem para a contagem de períodos de trancamento.

    Fica estendido o prazo de trancamento de disciplinas até 19/12/16.

    Aprovado na Sessão do CEG de 14 de dezembro de 2016.