1. Seminário do Grupo de Flutuações Quânticas – Fernando Nicacio

    Resumo: Os comportamentos dinâmicos não triviais mais simples em mecânica são descritos por Hamiltonianas quadráticas. Por gerarem equações de movimento lineares, sua dinâmica é integrável e as equações de movimento são descritas por transformações simpléticas afins. Um pouco de geometria simplética, nada que ultrapasse um curso de mecânica analítica, mostra que a dinâmica gerada por uma tal Hamiltoniana é caracterizada apenas por quatro padrões: Elíptico, Parabólico, Hiperbólico e Loxodrômico.

    Como reconhecido por Poincaré em seu famoso trabalho sobre a sistema de três corpos, além da integrabilidade, o que torna interessante este conjunto de Hamiltonianas é o fato de que elas constituem aproximações que reduzem a complexidade de um sistema Hamiltoniano qualquer, em geral não-linear, ao estudo das quatro famílias mencionadas. Se não bastasse, a quantização de Hamiltonianas quadráticas é trivial e o comportamento dos sistemas quantizados é idêntico ao clássico: a estrutura simplética do espaço de fase é reproduzida para os operadores de posição e momento.

    No seminário apresentarei os conceitos e propriedades descritos acima e terminarei por discutir o teorema de Williamson, uma ferramenta matemática útil para descrever os sistemas elípticos, fornecendo exemplos em mecânica clássica, quântica e estatística. Este teorema fornece uma receita para a diagonalização de tais Hamiltonianas, reduzindo a dinâmica ao estudo de osciladores harmônicos.

  2. Seminário PPGI-FisAplic – Marcelo Byrro Ribeiro

    O Prof. Marcelo Byrro Ribeiro (Instituto de Física – UFRJ) apresenta o seminário EconoFísica

    A palavra econofísica é um neologismo o qual, à semelhança de outros mais antigos como astrofísica, biofísica e geofísica, denomina uma área de pesquisa que visa estudar problemas econômicos a partir da perspectiva epistemológica da física e usando seus ferramentais teóricos e práticos. A palavra foi criada em 1995 pelo físico H. Eugene Stanley, época na qual um número substancial de físicos, a maioria atuantes nas áreas de física estatística e matéria condensada, passaram a se interessar e pesquisar problemas tipicamente econômicos, dentre eles o comportamento das ações em bolsas de valores e a distribuição de renda. Nessa palestra farei uma apresentação geral do tema e abordarei de forma introdutória alguns problemas atuais em econofísica.

    https://if-ufrj-br.zoom.us/j/8297838539
    ID: 829 783 8539

  3. Seminário PEF – Ildeu de Castro Moreira


    Resumo: Três dos maiores cientistas de todos os tempos, Albert Einstein, Marie Curie e Richard Feynman, estiveram no Brasil, nas décadas de 1920 (Einstein e Marie Curie), e 1940/50 (Feynman). Aqui fizeram palestras e deram cursos de caráter mais geral e para públicos não especializados. No entanto, também fizeram comunicações sobre trabalhos científicos que desenvolviam na época, em particular em eventos da Academia Brasileira de Ciências (ABC). Apresentaremos e discutiremos o contexto e o conteúdo da comunicação feita por Einstein na ABC, em maio de 1925, “Observações sobre a situação atual da teoria da luz”, bem como a apresentação de Marie Curie, também, na ABC, em agosto de 1926, sobre “A invariabilidade das constantes radioativas”. Em um segundo momento discutiremos as interações do físico norte-americano Richard Feynman com os cientistas brasileiros, e particularmente suas contribuições apresentadas à ABC, como a comunicação “A Eletrodinâmica Quântica” (1949), e na Reunião Anual da SBPC, em 1951, em Belo Horizonte. Serão comentados os trabalhos científicos que Feynman realizou ou apresentou no Brasil, em particular aqueles relacionados com a sua formulação da mecânica quântica e com a eletrodinâmica quântica.

  4. Seminário PEF – Leando das Neves Vicente


    Resumo: Apresentamos um conjunto de atividades para a discussão de circuitos elétricos e suas características em um laboratório didático. A partir da observação do comportamento dos parâmetros relevantes do circuito e da análise dos resultados obtidos durante as atividades, estabelecemos a expressão algébrica que relaciona os parâmetros considerados. Privilegiamos a abordagem experimental neste estudo dos circuitos elétricos de maneira que o estudante possa desenvolver suas competências e habilidades na observação de um fenômeno, na análise dos seus resultados e obter uma conclusão, conforme as orientações da ciência contemporânea. O trabalho proposto é adequado aos alunos da segunda série do Ensino Médio. Diante da realidade atual das escolas, utilizamos um simulador para a construção dos experimentos, de modo que os alunos, mesmo à distância, possam participar de maneira virtual de todas as etapas das atividades.

  5. Seminário PEF – Germano Maioli Penello


    Seguindo o cronograma do PEF, o segundo período é um momento em que os discentes começam a se inteirar sobre os projetos de pesquisa que são desenvolvidos pelos docentes do Programa. Nesta apresentação, serão mostrados os projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes do programa e por docentes colaboradores. Este é um momento em que os alunos poderão interagir com vários docentes e poderão iniciar as conversas sobre possíveis orientadores e tema de dissertação.

  6. Seminário PPGI-FisAplic – Leila Rodrigues da Silva

    A Profa. Dra. Leila Rodrigues da Silva (Instituto de História – UFRJ) apresenta o seminário O imaginário medieval sobre a peste: preconceitos, rupturas e continuidades

    O período medieval é identificado pelo senso comum como uma etapa da história da humanidade marcada pelo obscurantismo, retrocesso, violência, misoginia, fanatismo religioso, enfermidades endêmicas, dentre outras características desprezadas pelo ambiente racional que prevalece nas sociedades contemporâneas. Se, por um lado, reconhecemos parcialmente a pertinência dessa caracterização, por outro, cabe-nos refletir sobre quais sujeitos históricos contribuíram à formulação de tal visão, por que o fizeram e, sobretudo, em que medida de fato nos distanciamos dos “medievais”.

    A pandemia da Covid 19, guardadas as devidas proporções, permite-nos estabelecer paralelos com a peste medieval e, nesse sentido, favorece a problematização de temas e condutas do nosso entorno. Nesta conversa, objetivamos tratar dessas questões à luz da perspectiva histórica, avaliando os preconceitos, as rupturas e as continuidades em relação ao medievo.

    HORA: 14:30h (OBSERVEM o horário antecipado ao tradicional)

    https://us02web.zoom.us/j/5484096426
    ID: 548 409 6426

  7. Seminário PPGI-FisAplic – Candido Dionisio Pinto

    O Dr. Candido Dionisio Pinto (Eng. Diretor Ótico Senior, STAAR Surgical, Monrovia, Califórnia) apresenta o seminário Aplicações Práticas de Dispositivos Oftálmicos

    Nesta palestra exploraremos diferentes tipos de dispositivos oftálmicos e suas aplicações/impacto na qualidade de vida dos pacientes tratados com tais tecnologias. Tópicos incluídos:
    1) Óculos e lentes de contato;
    2) Cirurgias da córnea, a LASER;
    3) Cirurgias refrativas com dispositivos implantáveis;
    4) Cataratas e sua correção;
    5) Presbiopia e seus tratamentos.

    https://us02web.zoom.us/j/5484096426
    ID: 548 409 6426

  8. Seminário PPGI-FisAplic – Maria Luiza Rocco

    A Profa. Dra. Maria Luiza Rocco (IQ-UFRJ) apresenta o seminário Estrutura eletrônica, morfologia e dinâmica de transferência de carga de semicondutores orgânicos com aplicação em células solares

    O aumento da preocupação global em garantir maior sustentabilidade energética e preservação ambiental vem, ao longo dos últimos anos, impulsionando o desenvolvimento de tecnologias renováveis. Uma alternativa para a produção de energia é utilizar a energia solar, que é uma fonte renovável, limpa e abundante. Nos últimos anos, ocorreu grande avanço nas pesquisas para a utilização de polímeros conjugados em dispositivos fotovoltaicos orgânicos, que apresentam claras vantagens sobre os dispositivos inorgânicos, tais como baixo custo de produção, caráter sustentável, fácil processamento e a possibilidade de produzir dispositivos mais leves e flexíveis. Um dos grandes desafios nessa área é o desenvolvimento de semicondutores orgânicos com alta mobilidade de carga e ambientalmente estáveis. Dessa forma, informações relacionadas com a estrutura eletrônica e o ordenamento das cadeias poliméricas, bem como a dinâmica ultrarrápida de elétrons em regime de femtossegundo desses materiais são cruciais para se compreender o mecanismo de condução e, assim, auxiliar em futuras aplicações. Além disso, a busca por solventes ecológicos como alternativa a solventes halogenados para criar dispositivos que gerem ainda menor impacto ambiental, a substituição de aceptores derivados do fulereno e de eletrodos livres de ITO são tópicos que têm atraído enorme atenção. Neste seminário, serão apresentados resultados recentes do emprego da espectroscopia de absorção de raios X (NEXAFS), da espectroscopia Auger ressonante pelo método “core-hole clock”, da espectroscopia de fotoemissão e de perda de energia de elétrons na investigação de filmes finos poliméricos baseados no tiofeno, que apresentam potencial de aplicação em células solares orgânicas.

    https://us02web.zoom.us/j/5484096426
    ID: 548 409 6426